Crônica Empresarial 02/02/2012

A missão que nos propomos a cumprir, nos propicia a gratificante possibilidade de, observando as mais diversas experiências de vida de nossos clientes, aprender um pouco mais sobre a existência.

E inexorável rio da vida, aquele onde jamais nos banharemos duas vezes nas mesmas águas, segue seu curso, por vezes dócil, por vezes, revoltoso.

A perenidade da vida apresenta-se sem véu.

Arrogante e objetiva.

E assim vamos caminhando.

As experiências que vivemos e que vivenciamos em nossos clientes geram os exemplos, e estes são, por fim, o legado mais valioso.

Nada restará quando enfim chegar o dia do acerto de contas.

Nossas divisas e feitos um dia virarão pó, que o vento se encarregará de espalhar.

Nosso legado então se encontrará nos exemplos que deixarmos.

Exemplos que poderão ser seguidos e comentados, expondo a todos aqueles quem fomos ou deixamos de ser.

Pouco importará a luta que lutamos, as batalhas que vencemos ou perdemos, mas sim como fizemos.

O “como” é a chave para sermos exemplos.

E, cada dia que passa, a cada cliente novo atendido, somos confrontados com esta realidade.

Este “como” está sempre em pauta, e os bons e maus exemplos são sempre em decorrência dele.

Hoje, nos despedimos de um bom exemplo.

Único a sua maneira.

Obrigado pelo exemplo.

E segue o rio.

Marcus Maida

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas Empresariais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s